AOS VENCEDORES, CABE CONTAR A HISTÓRIA?

Publicado anteriormente como meu Twitter

Essa é uma das maiores falácias que escutamos hoje em dia! Dita pelos perdedores ou simpatizantes, na hora de deturparem a história. Seja ela sobre os negros e a “narrativa da dívida histórica”, os índios ou qualquer outra minoria.

Um bom exemplo foi o que vimos no dia 31 de março, quando se comemorou os 57 anos do início do regime militar, que com amplo apoio da imprensa, políticos, igrejas, empresários e população às Forças Armadas, interrompendo a escalada do socialismo.

Essa tentativa de reescrever a história, não é novidade para ninguém que tenha um mínimo de discernimento. Basta olharmos a tentativa de se apagar os genocídios cometidos por socialistas e comunistas, em todo mundo, ou que seja melhor que o nazismo.

Porém, meu alerta aqui, não vai aos amigos como sempre faço, e vai justamente para esses senhores que estão escrevendo a história agora. E, independente de quem ganhe, nós estamos no século XXI: a história não poderá ser mudada, e os inimigos do povo, serão sempre os inimigos!

Não haverá historiador, nem professor de história, nem jornalista, que conseguirá esconder, o ativismo político do atual STF, composição majoritária de social-democrata, com sua defesa da chamada minoria, pró-aborto, pró-bandidos, ou seu iluminismo.

Ou, o Congresso, com políticos em sua maioria corruptos — ou com interesses próprios, ou a certas categorias — negligenciando a vontade da maioria de seus eleitores.

E, principalmente, prefeitos e governadores, usando de seus cargos, com os préstimos do STF, para sufocar o povo, quebrar a economia do país, gerando mortos e miseráveis, em nome de uma ideologia e de poder!

Adilson Veiga

Twitter https://twitter.com/Ajveiga2

Pai de família, conservador

Pai de família, conservador